LilySlim Weight loss tickers

LilySlim Weight loss tickers

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

TPM tranquila!! - Post Editado

Bom Dia Meninass!!!





E ai como vão?? Espero que tudinho bem!!!

Eu estou me comportando direirinho, R.A e A.F nos conformes!!!  Olha gente eu mesmo estando em uma TPM lascada tô caminhando na linha!!! E espero que vocês também estejam!!!

Falando em TPM, segue um texto que explica certinho o que é e o que nos ajuda nesse momento tão, mas tãaoo cruel, rs, espero que gostem!!

Tensão pré-mentrual

Tensão pré-menstrual, ou TPM, é a denominação para um conjunto de sintomas que se manifestam antes da menstruação. Os sintomas são variados: irritabilidade, depressão, dor nas mamas, dor de cabeça e inchaço.
Algumas mulheres choram com mais facilidade e outras se tornam mais sensíveis, sem um motivo aparente.

Há casos em que os sintomas aparecem quinze dias antes e outros apenas um ou dois dias antes da menstruação. Quando esses sintomas não desaparecem com a menstruação, não se trata de TPM. Doenças psiquiátricas, como depressão, ou clínicas, como dor de cabeça crônica, podem piorar nesse período.

A principal causa na mudança de humor está associada à produção de serotonina. Esta substância atua sobre o humor de todas as pessoas, e nas mulheres oscila de acordo com o período menstrual. Um nível alto de serotonina é um passaporte para a felicidade e a alegria. Um nível baixo provoca mau humor e vontade de comer doces e massas. No período menstrual os hormônios femininos reduzem a produção de serotonina. Essa redução explica os sintomas psíquicos, enquanto os sintomas físicos resultam das alterações hormonais em si.

Existem três fatores que explicam porque algumas mulheres sofrem tanto nesse período e outras não. O primeiro fator é hereditário: aquelas cujas mães apresentam TPM têm maior probabilidade de desenvolver a síndrome.

O segundo é o fator situacional. A mulher pode estar atravessando uma situação de vida difícil, como doença na família, divórcio, pressão no trabalho, dificuldades econômicas. Nesses casos o nível de serotonina, que já deve estar baixo, cai mais ainda na segunda fase do ciclo menstrual. O terceiro é o fator endógeno. Há mulheres mais sensíveis a mudanças hormonais e outras nem tanto.

Nos homens, o hormônio sexual testosterona começa a cair lentamente a partir dos vinte, trinta anos de idade. Essa queda se dá com alterações previsíveis e é por isso que as mulheres dizem que os homens são todos iguais. Já as mulheres têm em cada dia do mês uma concentração de hormônios sexuais (estrógeno e progesterona) diferente. Isso provoca impacto no humor, que oscila todos os dias. Por isso, os homens dizem que as mulheres são difíceis de entender.

Para quem tem dúvida se sofre de TPM, é importante anotar durante alguns meses os sintomas (dor de cabeça, irritação etc.) e a data inicial e final do período menstrual. Depois basta levar esses dados para o médico ginecologista, que terá todas as condições para fazer um diagnóstico correto.

Um diagnóstico correto permite à mulher preparar-se melhor para o período e combater os sintomas dessa síndrome. O auto-conhecimento é muito importante para ter um bom desempenho profissional, social e familiar. Se os hormônios mudam o humor, e já se sabe em que dias isso ocorrerá, é possível ter mais controle sobre a situação. Saber controlar-se é muito importante e a TPM não deve servir de desculpa, pois quem sofre com ela precisa de tratamento.

Os exercícios físicos não devem ser abandonados nesse período. Eles reduzem a tensão, a depressão e melhoram a auto-estima. O ideal é que não ocorra quebra de rotina nesses dias.

A ansiedade pode diminuir se os cafezinhos forem evitados. O mesmo pode acontecer com a insônia e a dor de cabeça, se o cigarro for diminuído - o ideal é não fumar.

Alimentos diet ajudam a enganar a vontade de comer doces. Os doces são responsáveis pelo aumento de peso, pois são muito calóricos e facilitam a retenção de água pelo organismo.

Quando passa a menstruação, a tendência de quem ganhou peso nesse período é ficar deprimida. Portanto, a pessoa precisa se conhecer melhor para ter mais controle sobre sua qualidade de vida.

Por: Flávia Leão Fernandes
CRP 06/68043 Psicóloga clínica, Mestre em Psicologia pela Universidade de Londres, Inglaterra e especialista em Psicologia Hospitalar com enfoque em obesidade.

Ahh e tem participante novaa no Desafio!!!

Infelizmente a última, pois se não, a pessoa que entraria agora ficaria em desvantagem!!




Seja bem-vinda Paula e Orena!!!

E minhas amigas e Mozão do Desafio, estão se comportando direitinho?? Eu tô!! Vamos lá gente!!! Ahh e quem está participando e tem blog, por favor, copiem o selinho!!

Ahh meninass, mais uma dica bacana, para quem necessita de informações nutricionais para cálculo de pontos, assim como eu, tem um site super bacana com informações nutricionais de muitos alimentos, que quebra o maior galho pra nós, espero que gostem!!



Beijinhos e até a próxima!!

14 comentários:

Diane disse...

Ou Su, ai ai flor, estou meio perdida rsr, preciso me achar, estou assim pq parece que a balança nao abaixa rsr então estou meio perdida, obrigada pela força amiga, Deus te abençoe,super beijo

Karla Viviane disse...

Nossa, amei muito essa imagem do seu post de hj. muito boa e estimulante. Posso copiar?
Tava passeando pela blogosfera light e parei aqui, gostei muito do seu cantinho. Me ajuda com uam coisa? Como vc conseguiu colocar esse template? Já vi alguns onde tinha esse seu e não consegui colocar no meu, dava erro. Sou nova nessa coisa de blog e ainda preciso melhorar muito. Ficarei muito feliz com a sua visita no meu cantinho.

Amiga disse...

Su coloca meu nome só vi hoje, meu nome:Orena peso:86,400

Fernanda Soares disse...

Adorei seu blog flor, estou seguindo ;)

Luana Silveira disse...

Oi Suellen!

Obrigada pela visita, comentário e etc...Estou te seguindo tbm, e coloquei seu blog na minha lista que sigo...
Adorei a figura do seu post...É assim mesmo que a gente se sente quando dizemos não para estas coisas engordantes. Depois, quando começamos a ver os resuçtados, sentimos que todo o nosso esforço n foi em vão... Percebi que temos mais ou menos a mesma meta e o mesmo peso inicial..Estou tendo dificuldade para ver o ponteiro da balança baixar, mas isso é pq eu faço RA bem na manha, sem ser radical...

Beijos e sorte pra nós!

MARCIO SANTOS disse...

Olá Amor estou tentando fazer direitinho sim... Vc sabe q nao gosto de perder entao eu vou ganhar esse desafio rsrsrs...brincadeirinha..quero é ter saúde em primeiroo lugar e te ajudar nesse desafio (apesar q vc nao precisa)...um grande beijo AMO VC..

Thalita Loraynny disse...

Oi Su, tem um selinho pra vc no meu blog, passa lá pra pegar depois.

Bjus***

Ana Paula disse...

oi Su, obrigada pela visita, depois deixa seu dados para o sorteio do meu bloguinho :)
beijos
quem sabe entro no próximo desafio???

Ju Toledo disse...

Oi Su, obrigada pela visita e comentario la no blog.Estarei sempre por aqui acompanhando tudo!!Pena que nao da mais tempo de entrar no desafio, mas quem sabe no proximo né?!
Um grande beijo!!

Desabafo.com disse...

esta reportagem aí teve tudo a ver comigo minha tpm é hereditária ! Olha vc esta animada mesmo continue assim e estou acompanhando beijos keila .

Andressa Cristina disse...

Flor... to sumida mesmo neh..
Mais to sem tempo o cursinho consome meu tempo!
Olha sobre os palpites da sua mãe na salada... nemm liga a minha era assim!
Vc faz salada do jeito que quiser, vale muito inventar novos sabores!
Não se abale com a opinião dos outros... mesmo quem não sabe cozinhar pode aprender!
Beijos
Adorei o post sobre tpm to na fase tbm! hehehe

Paula disse...

Oi Suellen, obrigada por me incluir na lista de participantes! Estou torcendo para conseguir levar a sério!!!
Bj

Érica Oliveira disse...

nossa..TPM pra mim é uma tristeza fico chata,chorona e faminta rsrsrs

Raquel disse...

TPM é fogo mesmo, mais eu gostei das dicas.
Vc faz um desafio e eu não sabia :(
É isso que da ficar longe dos blogs das amigas, fica de fora das coisas boas.
Mais é assim mesmo.
Beijos amiga e eu vou aparecer mais.